PRESSURIZAÇÃO DE ESCADA DE SEGURANÇA


O objetivo da pressurização de escada de segurança é o de manter as escadas de emergência livres da fumaça, de modo a permitir a fuga dos ocupantes de uma edificação no caso de incêndio. Esse sistema também pode ser acionado em qualquer caso de necessidade de abandono da edificação.

Considera-se um espaço pressurizado quando este recebe um suprimento contínuo de ar que possibilite manter um diferencial de pressão entre este espaço e os adjacentes, preservando-se um fluxo de ar através de uma ou várias trajetórias de escape que conduzem o ar para o exterior da edificação;

O diferencial de pressão deve ser mantido em nível adequado para impedir a entrada de fumaça no interior da escada;

O sistema de pressurização pode ser projetado de duas formas:

Sistema de 1 estágio: para operar somente em situação de emergência;

Sistema de 2 estágios:  que incorporara um nível baixo de pressurização, para funcionamento

contínuo, com previsão para um nível maior de pressurização que entra em funcionamento em uma

situação de emergência.

Recomenda-se dar preferência para a opção do sistema de 2 estágios, para que se mantenha um nível mínimo de proteção em permanente operação, bem como propiciar a renovação de ar no volume da escada.

Elementos básicos de um sistema de pressurização

São elementos básicos de um sistema de pressurização:

sistema de acionamento e alarme;

ar externo suprido mecanicamente;

trajetória de escape do ar;

fonte de energia garantida.

Para obtenção dos níveis de pressurização, no interior dos espaços pressurizados, na determinação da capacidade de vazão e pressão dos motoventiladores, devem ser avaliadas as perdas de carga localizadas em todos os componentes de captação e distribuição do sistema (dutos, venezianas, grelhas, joelhos, dampers, saídas dos motoventiladores, rugosidades das superfícies internas dos dutos etc.) que devem constar de memorial de cálculo.

Cálculo do suprimento de ar

Para determinação do primeiro valor de suprimento de ar necessário para obtenção de um diferencial de pressão entre o ambiente a ser pressurizado e os ambientes contíguos, deve-se adotar a planilha de cálculo de vazão de ar. Clique aqui para adquirir sua planilha!

Esquema geral do sistema de pressurização (com duto no interior da escada)

(Fonte: INSTRUÇÃO TECNICA Nº 13/2018 da POLICIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO – CORPO DE BOMBEIROS.)

COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *